Referências

Conheça a página de referências já coletadas pelo L3P para ferramentas de análise de dados, mineração, tratamento, visualização, entre várias outras categorias ali disponibilizadas. Por aqui, vamos direcionar apenas as referências mais direcionadas aos Métodos Digitais e Analíticos. Se tiver alguma referência a compartilhar, não hesite em nos enviar um formulário de contato!

Pesquisa de textos e conteúdos – Library Genesys

Filosofia:

  1. Psicanálise:
    1. Consciência e inconsciente:
      1. Social Motivation: Conscious and Unconscious Processes
  2.  Simondon:
    1. A individuação à luz das noções de forma e de informação: Introdução
    2. Simondon e o Transindividual
    3. Blog de Pesquisa sobre Gilbert Simondon: textos, vídeos, eventos, seminários, etc..
    4. L’individuation

Sociologia:

  1. Uso de dados para pesquisas sociais
    1. UK Strategy for Data Resources for Social and Economic Research 2013-2018
  2. Capital social:
    1. Theory and Measurement in Social Capital Research
  3. Sociologia associativa
  4. Teoria da prática:
    1. Toward a Theory of Social Practices

Programas de formação em métodos digitais e quantitativos:

  1. Programa do curso Introduction to Digital Humanities – Michigan State University
  2. Summer School da Digital Methods Initiative da Universidade de Amsterdam
  3. Curso de Introdução a Programação para Ciências Sociais da Universidade de Helsinki
  4. Programa de Treinamento Intensivo em Metodologia Quantitativa (MQ) da UFMG
  5. Summer School em Métodos e Conceitos em Ciências Políticas e Relações Internacionais da USP
  6. Applied Data Analytics – University of Chicago
    1. Machine Learning for Public Policy

Universidades, faculdades e laboratórios que focam em métodos digitais e temas correlatos (ciências sociais computacionais, humanidades digitais, etc.):

  1. Yale Institute for Network Science
  2. Computational Social Science Society of the Americas
  3. Center for Computational Social Science – Stanford
  4. Computational Social Science  – George Mason University
  5. Association for Computers and the Humanities
  6. Disciplina de Computational Social Science: social research in the digital age de Princeton
  7. Statistical Cybermetrics Research Group – information-centred research
  8. SocialMediaLab + Evento SocialMediaandSociety
  9. Center for Data Science and Public Policy – University of Chicago
  10. USC Center for Artificial Intelligence for Society – University of Southern California
  11. Centro de Estudos da Metrópole
  12. Universidade Nova de Lisboa – Mestrado em Gestão da Informação

Sites que dialogam com temáticas dos métodos analíticos e métodos digitais:

  1. Sociais e métodos
  2. Blog Computational Social Science da Universidade de Helsinki
  3. O Estatístico

Journals e revistas científicas que dialogam com o tema:

  1. Computational culture
  2. Cultural Analytics
  3. Social Media and Society
  4. Information, communication and society
  5. Social Networks
  6. Social Science Computer Rewiew
  7. Big Data
  8. Revista de Ciencias Sociales – análise do discurso digital

Fontes de ferramentas, programas e bases de dados:

  1. Ciência da Informação:
    1. BRAPCI – revistas científicas da área
    2. BENANCIB – anais do Enancib
  2. Digital Methods Initiative – tools
  3. DIRT – digital research tools
  4. SciKit-learn – machine learning in Python – ferramentas eficientes e poderosas para mineração e análise de dados. Apresenta a possibilidade de utilizarmos algoritmos supervisionados e não-supervisionados.
  5. Python
    1. Lista de exercícios
  6.  Texto:
    1. Contagem de palavras
    2. Wordclouds
    3. Typographeditor
  7. Aprendizagem de máquina:
    1. Como escolher algoritmos de aprendizagem de máquina
    2. diferença entre aprendizado de máquina supervisionado e não-supervisionado
    3. scikit – kit de aprendizagem de máquina em Phyton
      1. infográfico de como escolher o estimador correto para o tratamento de seus dados
  8. Dados públicos:
    1. Séries temporais – Tesouro Nacional
    2. Tesouro transparente – Ministério da Fazenda
    3. Gerenciador de séries temporais – Banco do Brasil

Artigos, sites e livros de referência e fundamentação teórica:

  1. Humanidades digitais:
    1. Building Capacity for Digital Humanities A Framework for Institutional Planning
    2. Toolkit para Humanidades Digitais – North Carolina University
    3. Curso da Europeana sobre uso de acervos digitais
    4. Introdução a metadados – excelente material
  2. Ciências sociais computacionais:
    1. Computational social science. Adam Mann. PNAS. 2016.
    2. Making the links: from emails to social networks, the digital traces left by life in modern world are transforming the social science. Jim Giles. Nature.  2012
    3. Computational social science. Vários autores. Sciencemag. 2009.
    4. LIVRO: Behavioral computational social science. Riccardo Boero. Wiley. 2015.
      1. LIVRO: Computational social science: discovery and prediction. Cambridge University Press. 2016.
    5. LIVRO: Data mining for the social sciences: an introduction. University of California Press. 2015.
    6. LIVRO: Big Data and Social Science: A Practical Guide to Methods and Tools. CRC PRESS. 2016.
  3. Análise de impacto de objetos digitais:
    1. The Impact of Cultural Heritage: creating a common language
    2. Measuring the Impact of Digital Resources: The Balanced Value Impact Model
    3. We are culture 24 – Building Digital Skills in Museums
    4. Social media metrics – toolkit
  4. Análise semântica e mineração de texto:
    1. Text Mining: A Guidebook for the Social Sciences. SAGE. 2016.
  5. Análise de redes:
    1. Network analysis: some basic principles. Barry Wellman.1983.
    2. LIVRO: Networked Sociability and Individualism: Technology for Personal and Professional Relationships. IGI. 2011
    3. Tutorial Gephi – Youtube
    4. Tutorial Gephi para redes dinâmicas
    5. Assimetria regulatória: uber, whatsup e netflix
    6. Google, Facebook e polêmica dos algoritmos:
      1. Os absurdos do algoritmo que escolhe as notícias do Facebook – ElPaís
      2. Does Facebook drive political polarization? Data science and research – Harvard Kennedy School
      3. Google, democracy and the truth about internet search – The Guardian
      4. Has the internet become a failed state? – The Guardian
  6. Análise estatística:
    1. Análise exploratória de dados usando o BrOffice
    2. Statistical Modeling: The Two Cultures
    3. To Explain or to Predict?
    4. Procedimentos para análise exploratória de dados usando BrOffice
  7. Monitoramento e pesquisa em redes sociais:
    1. Livro do instituto brasileiro de pesquisa e análise de dados
  8. Georeferenciamento
    1. The Geospatial Characteristics of a Social Movement Communication Network
  9. Inteligência coletiva
    1. 4 Psychological Triggers That Make People Like and Share Content – Entrepreneur
    2. Social collective intelligence – LIVRO
    3. Measuring Team Creativity Through Longitudinal Social Signals
  10. Inteligência artificial
    1. Deep mind
    2. The Growth of Artificial Intelligence in Ecommerce
  11. Aprendizagem de máquina:
    1. Sci-kit – kit python para aprendizagem de máquina e gráfico de estimadores
    2. Azure – pacote Microsoft
  12. Big data e IoT
    1. Big data and social science – Livro
    2. The sensor based economy – Wired
  13. 4th revolução industrial:
    1. The Fourth Industrial Revolution: what it means, how to respond – World Economic Forum
      1. Agenda
    2. How can countries take advantage of the fourth industrial revolution? – World Bank
    3. Accenture-Why-AI-is-the-Future-of-Growth.pdf
  14. Acervos em rede
    1. D-lib Magazine – National Digital Plataform
  15. Participação social e museus
    1. Theory of social participation 
    2. The participatory museum
    3. Hierarchy of social participation
  16.  Simulações:
    1. Simulation for the Social Scientist. Nigel Gilbert e Klaus G. Troitzsch. 2005.
Anúncios